20.1.05

O fogo discreto mais sagrado não carece de combustível.

Sem comentários: