16.1.05

Em Portugal anda meio mundo assim,



à espera que a outra metade acorde.

Sem comentários: